Google+

Si me callo, me callo por ti

Deixe um comentário

23 de março de 2013 por followdih

Si me callo, me callo por ti
Me callé cuando te veo, te siento
Sabiendo de tus días, tus besos

Si me callo, me callo por ti
abriendo la puerta y el olfato se mezcla con de la lluvia afuera

Si me callo, me callo por ti
En siliencio te veo
Musa de mi fiesta sin fin

Si me callo, me callo por ti
Sabiendo que en sus pensamíentos más vagos, estoy

Si me callo, me callo por ti
Ahoga me en besos, me encanta, hasta me silenciar.

Si me callo, me callo por ti.

Se me calo, me calo por ti
Me calo ao te ver, te sentir
Saber dos seus dias, do seu beijo

Se me calo, me calo por ti
de abrir a porta de casa e sentir o seu cheiro misturado ao da chuva lá fora

Se me calo, me calo por ti
No siliencio te encontro
Musa da minha festa sem fim

Se me calo, me calo por ti
Por saber que nos teus mais vagos pensamentos, estou

Se me calo, me calo por ti
Me afoga no beijo, me ame, me cale.

Se me calo, me calo por ti.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

[ massagem.no.meu.ego ]

Quieto Diego, quieto.

Diário de um Bebumzis

No Céu ou na Terris, mas sempre no Butequis!

Xico SáXico Sá

Quieto Diego, quieto.

%d blogueiros gostam disto: